quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Visita ao IBMC


Motivação: Dar a conhecer a investigação que se faz no país
Ano de escolaridade:12º Biologia
Data:  2ª feira - 5 de Março de 2012,  partida às 13:30h.
Visita em que se inscreve:: Para além do genoma

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

Portugueses procuram prevenir doenças genéticas e cancro

Estudo contribui para o desenvolvimento de novas terapias
CienciaHoje
2011-10-21
Por Susana Lage

Uma recente investigação portuguesa, publicada na revista científica Nucleic Acids Research, tem por objectivo “estudar a base molecular de algumas doenças genéticas e cancro com o objectivo de produzir conhecimento que ajude no desenvolvimento de terapias inovadoras”, explica Luísa Romão ao Ciência Hoje.
Segundo a investigadora, nas células humanas, o processo de expressão dos genes envolve múltiplos passos, desde o aparecimento do RNA mensageiro (mRNA) por transcrição a partir de um gene, à sua tradução em proteínas e à sua degradação.
Assim, a equipa que lidera pretende “estudar de que modo determinadas mutações – as mutações nonsense – associadas a diferentes doenças genéticas e ao cancro podem afectar a vida do mRNA”.
A ideia para este trabalho desenvolvido no Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge, em Lisboa, surgiu do facto de se saber que, em geral, “as mutações nonsense dão origem a níveis anormalmente baixos de RNA mensageiro nas células dos doentes com uma hemoglobinopatia”, muito frequente na região mediterrânica, incluindo o Sul de Portugal, afirma a especialista em Genética Humana e Biologia Molecular.

O estudo pode “contribuir para o conhecimento da causa molecular de doenças genéticas e cancro bem como dos respectivos mecanismos”, afirma Luísa Romão. “Estes conhecimentos podem servir de base para o desenvolvimento mais racional de terapias inovadoras”, acrescenta.
Os próximos passos na investigação passam por identificar proteínas e o seu modo de actuação em diferentes aspectos do processo da síntese proteica, nomeadamente na iniciação da tradução do mRNA, assim como proteínas envolvidas no controlo de qualidade da expressão génica.
http://www.cienciahoje.pt/index.php?oid=51531&op=all

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Células estaminais. Em Portugal só há um pedido de uso de embriões para investigação

Por Marta F. Reis, publicado em 19 Out 2011

Justiça europeia recusa patentes de investigações com células estaminais embrionárias. Conselho de Ética fala de decisão “ultraconservadora”

A decisão apanhou de surpresa os especialistas europeus em células estaminais e está a ser considerada um obstáculo ao avanço na investigação clínica na Europa. O Tribunal de Justiça da UE considerou ilegal patentear investigações que tenham por base células estaminais extraídas de embriões, uma das apostas da medicina regenerativa que começa a dar frutos. Os cientistas temem a perda de interesse privado e a fuga de cérebros.

Em Portugal, só há um pedido de utilização deste tipo de células para investigação, disse ao i o presidente da Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida (PMA), Eurico Reis. A lei da PMA, de 2006, permite que embriões excedentários de tratamentos de fertilidade, mediante a apresentação de um projecto ao conselho, possam ser usados em ciência. O primeiro pedido foi feito pelo Centro de Neurociências e Biologia Celular de Coimbra em Junho mas vai ser devolvido à equipa nos próximos dias, para que melhorem a fundamentação. “Tudo o que não passe por nós – mesmo embriões importados – é crime com pena de prisão”, alerta Eurico Reis.
noticia completa

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

A pesca do ouriço-do-mar _CMIA



“A pesca do ouriço-do-mar, Paracentrotus lividus, no Norte de Portugal”

Os ouriços-do-mar constituem um produto marinho com elevado valor económico em todo o mundo. Em países como o Japão, Chile, França e Espanha as gónadas de ouriço-do-mar são consideradas um produto
“gourmet” e utilizadas para a confecção de várias receitas requintadas (e.g. “uni” no Japão, etc).

Há cerca de uma década, a sobrexploração dos stocks de ouriço-do-mar Paracentrotus lividus em países Europeus, como França e Espanha, levou à procura da espécie em Portugal originando o início da exploração comercial da espécie, sobretudo na região Norte. Paracentrotus lividus, abunda no intertidal rochoso podendo também ocorrer na zona subtidal até cerca dos 20 metros de profundidade. Actualmente, as capturas são realizadas por apanhadores apeados, durante a maré-baixa, com a utilização de ferramentas rudimentares (provenientes da agricultura). O destino das capturas é maioritariamente Espanha, onde é vendido como produto fresco ou como matéria-prima para conservas, embora também possa chegar aos mercados Franceses.
Com o presente estudo, o IPIMAR pretende recolher um vasto conjunto de informação essencial para alicerçar legislação específica de modo a regulamentar a pescaria de P. lividus. Este trabalho de investigação encontra-se actualmente a decorrer no âmbito do projecto PRESPO Desenvolvimento sustentável das pescarias artesanais no Espaço Atlântico. Nesta apresentação dá-se conta dos trabalhos que
estão a ser levados a cabo assim como de alguns dos resultados obtidos até à data.

Inês Machado

Licenciada em Biologia (especialização em Biologia Marinha) pela Universidade dos Açores e Mestre em Ciências do Mar - Recursos Marinhos pela Universidade do Porto. Iniciou o seu estudo sobre a pesca de
ouriços-do-mar em 2004, durante a realização da sua tese de Mestrado. Desde essa data, tem vindo a trabalhar com a frota pesqueira artesanal nacional e com as diversas espécies com interesse comercial,
contribuindo para a recolha de dados sobre importante actividade económica nacional.


Actualmente é Bolseira de Investigação no IPIMAR, ao abrigo do projecto PRESPO - Desenvolvimento sustentável das pescarias artesanais no Espaço Atlântico.

segunda-feira, 17 de outubro de 2011

Aula Prática - Obtenção e observação de gâmetas de Ouriços-do-mar.

Os meus agradecimentos a todos os participantes, nomeadamente aos alunos da turma do 12º 1ª, e, em especial à nossa gentil convidada Dr.ª Célia Melo.
Ficam aqui os registos dos principais momentos da nossa aula prática - foi um sucesso!
Fig. 1 - Estimulação da libertação de gâmetas com solução de KCl

Fig. 2- Ouriço do mar _macho

Fig. 3- Ouriço do mar _fêmea


video
Filme 1- Espermatozóides de Ouriço do mar



video
Filme 2- Fecundação de um Ovócito do Ouriço do mar


video
Filme 3 - Formação da membrana de fecundação

Estaleiro da Ciencia - Bioindicador


quarta-feira, 12 de outubro de 2011

Novos recursos no moodle

Quem não conseguir visualizar / gravar os novos ou velhos recursos colocados no moodle,  envie-me um e-mail com a urgência relativa !!!
Não há desculpas!
Bom trabalho!

terça-feira, 11 de outubro de 2011

“Fomos feitos para cantar e dançar”



«Música de Colo» desenvolve linguagem comum entre adultos e crianças

CienciaHoje
2011-10-10

Por Susana Lage (texto e fotos)

A música é uma arte que pode ser abordada de forma científica para avançar no conhecimento. Sobre o quê? Sobre a construção da comunicação, por exemplo.
Este é um dos objectivos da «Música de Colo», uma actividade do Laboratório de Música e Comunicação para a Infância (LAMCI), em Lisboa.
...
Na «Música de Colo», o objectivo é "proporcionar à criança momentos ricos da cultura musical envolvente”, afirma Helena Rodrigues, directora do LAMCI. No entanto, para a psicóloga, “as questões que se colocam neste ambiente são importantes para o plano de investigação”.

...
Segundo a investigadora, a psicologia tem muita informação sobre a aquisição da linguagem e das competências sociais mas “a competência musical é praticamente ignorada nos manuais de psicologia”. Há estudos sobre o desenvolvimento musical mas estes “não constam dos tratados de pediatria”. Talvez não seja por acaso que as crianças pré-verbais reagem de maneira participativa nas actividades musicais. “Se calhar esta competência musical é estruturante em relação a outras”, propõe.


Compensação social

Na sociedade de hoje “faltam oportunidades das pessoas estarem juntas com os seus bebés e de partilharem mais a parentalidade”, refere Helena Rodrigues. Enquanto os adultos passam maior parte do dia no trabalho, as crianças são deixadas nas creches. Ao fim do dia pouco tempo resta para mais do que cuidar da higiene dos filhos, alimentá-los e pô-los a dormir.
...
Estas sessões da «Música de Colo» são um pouco “uma compensação social” pois é uma “oportunidade que as pessoas têm para estarem relaxadas com os filhos e com outros pais”, afirma a psicóloga.

leia o artigo completo

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Mortalidade infantil: Portugal apresenta um registo favorável

A propósito da aula de hoje fui atualizar os dados sobre este indicador de saúde. Na minha memória tinham ficado os valores do final do século. Os atuais valores são agradavelmente melhores: o Guilherme tinha razão!

Evolução da Taxa de Mortalidade Infantil

Novos Estados-Membros da UE-27 são os que obtêm os piores resultados. Portugal entre os países mais bem classificados.

Em cada 1000 nascimentos com vida faleceram em média, na Roménia, no ano de 2010, 9,8 crianças durante o primeiro ano de vida (Gráfico 1). Este é o pior registo no quadro da UE-27. Com um valor muito próximo (9,4) está a Bulgária, sendo estes os únicos dois países a atingirem praticamente a dezena na taxa de mortalidade infantil. Os oito piores registos ilustrados no Gráfico 1 são referentes a países que integram o grupo dos 12 novos Estados-Membros da União Europeia. Portugal encontra-se entre os países mais bem classificados, com uma taxa de mortalidade infantil de 2,4‰. Com uma taxa inferior está apenas a Finlândia, com 2,3‰.




http://observatorio-das-desigualdades.cies.iscte.pt/index.jsp?page=indicators&id=34&lang=pt

sábado, 8 de outubro de 2011

Esta noite "tempestade de estrelas"


CienciaHoje
Últimas vezes que aconteceu foi em 1933 e 1946

Conhecidas por “dracónidas” são constituídas por pequenas partículas de pó provenientes do cometa 21P/Giacobini-Zinner. «Caem» a uma média de 600 a 800 por hora num fenómeno que ocorrerá entre as 18 e as 24 horas. Será particularmente visível na Europa o que vai levar numerosos investigadores a concentrarem-se para observar um espectáculo sete vezes maior do que as «perseidas» de 11 de Agosto.


... A metereologia portuguesa fala em céu limpo ou pouco nublado para este sábado o que poderá determinar um «espectáculo» mais visível e emocionante apesar de a Lua estar em quarto crescente e haver muma maior luminosidade.

segunda-feira, 3 de outubro de 2011

" A Vida no ventre " - Fecundação

video


Prémio NOBEL da Fisiologia e Medicina 2011


Notícia: Vencedor do Nobel da Medicina morreu na sexta-feira 
A Universidade Rockefeller, de Nova Iorque, fez hoje saber que Ralph Steinman, um dos vencedores do Nobel da Medicina deste ano, morreu na sexta-feira.

Um cancro no pâncreas contra o qual lutava há quatro anos fez com que Ralph Steinman não chegasse a saber que foi laureado com o Nobel da Medicina. O investigador morreu na sexta-feira, três dias antes de a Academia anunciar o seu nome.
Os Prémios Nobel não são normalmente atribuídos a título póstumo e o Comité não sabia que Steinman estava morto quando o escolheu.
AP/SOL

Nobel da Medicina atribuído aos imunologistas Hoffmann, Beutler e Steinman

03 de outubro de 2011, 12:00

O norte-americano Bruce Beutler, o luxemburguês Jules Hoffmann e o canadiano Ralph Steinman foram distinguidos com o Prémio Nobel da Fisiologia e Medicina 2011, pelo Instituto Karolinska, esta manhã, em Estocolmo, pelo trabalho na área da Imunologia.

Os galardoados com o Nobel de este ano [da Fisiologia e Medicina] revolucionaram a compreensão global do sistema imunitário ao descobrirem os princípios-chave que o tornam funcional”, informou o Instituto Karolinska numa nota de imprensa.
As descobertas dos três investigadoras são um forte contribuito na luta contra doenças contagiosas e no desenvolvimento de vacinas, informa ainda a instituição.
Hoffman e Beutler partilham metade do prémio – 1,1 milhões de euros – pelo estudo de ambos que conduziu à descoberta das proteínas responsáveis pelo reconhecimento de microrganismos e activação do sistema imunitário congénito.
A outra metade do prémio foi entregue a Ralph Steinman pela descoberta das células dendríticas que activam, regulam e adaptam o sistema imunológico congénito às bactérias e microrganismos.
 ler notícia completa aqui
@SAPO com Lusa

domingo, 2 de outubro de 2011

Aula Prática _ Fotos: Oservação de gónadas femininas e masculinas



Não se esqueçam do Relatório para a próxima 2ª feira, dia 3 de Outubro
Ovários, oviductos e cornos uterinos de uma cadela
 (material veterinário, gentilmente, trazido pela Teresa) 


Foliculos em vários estádios


Oócito II





Corte histológico de um testículo



Células intersticiais ou cél. de Leydig
Túbulo seminífero - células da linha germinativa e espermatozóides

NOTA: Explore as diversas publicações sobre a U1-Reprodução Humana, nomeadamente  videos sobre a histologia do testiculo e do ovário, aqui:
http://biozarco-mclameiras.blogspot.com/2008/10/histoloia-do-testiculo-httpbr.html

sábado, 1 de outubro de 2011

ÁGUA - O que pagamos?

Dia Nacional da ÁGUA

O primeiro dia de Outubro marca o início de um novo ano hidrológico em Portugal, sendo assinalado como Dia Nacional da Água.

A Águas do Douro e Paiva (AdDP) com uma actividade profundamente ligada à sustentabilidade na utilização dos recursos naturais e à preservação da água enquanto bem essencial à vida, vai assinalar esta efeméride através da realização de diversas acções, durante a semana de 1 a 7 de Outubro, orientadas para públicos diversificados.

continua aqui